https://agenciaalper.com.br/
×

Fale conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Confira os benefícios e vantagens do E-commerce

Modalidade de comércio onde os negócios e transações financeiras são realizadas via dispositivos e plataformas eletrônicas, o comércio eletrônico vem crescendo bastante nos últimos anos. Por isso, é importante conferir os benefícios e vantagens do E-commerce.

Com o aumento do acesso à Internet, e com a venda cada vez maior de computadores, tablets e smartphones, o varejo acabou se transformando junto com os clientes, com o surgimento de novas tecnologias e formas de consumo.

Dessa maneira, as pessoas buscaram novas formas de consumir, sempre prezando muito por praticidade e segurança. Comprar pela internet tornou- se um hábito cada vez mais comum entre os consumidores, levando ao aumento das compras on-line.

Assim sendo, muitas dúvidas surgiram em relação ao e-commerce, principalmente sobre como usar a internet de modo a gerar bastante lucro, e como um canal de vendas e de relacionamento eficaz com os clientes. 

Pensando nisso, e em como essa modalidade de venda vem sendo amplamente empregada por comércios do Brasil e do mundo, elaboramos este texto para você descobrir como usar essa nova estratégia e potencializar seus resultados. Confira!

O que é e-commerce?

O termo e-commerce pode ser definido como a comercialização de produtos e serviços pela internet, com transações realizadas unicamente via dispositivos eletrônicos, como computadores e smartphones, otimizando o processo de compra.

Assim sendo, esse tipo de comércio pode contar com diversos canais de vendas. O mais conhecido é a loja virtual. Porém, existem diversos outros, como marketplaces, vendas por redes sociais e por e-mail marketing.

Apesar de ser uma ferramenta bastante popular nos dias de hoje, o e-commerce ainda é tratado como loja virtual. Essa afirmação é um grande equívoco, tendo em vista que ambos possuem características diferentes.

Desse modo, a loja virtual se refere ao website (ou plataforma de e-commerce) em que os clientes adquirem os produtos. Ela funciona, na realidade, como um dos canais responsáveis pelos benefícios e vantagens do e-commerce. Mas como citamos, existem vários deles.

Como surgiu o e-commerce?

Antigamente, só era possível fazer compras de maneira física, ou seja, ir a uma loja, escolher o produto e sair com o mesmo. Foi a partir das décadas de 1980 e 1990 que surgiu o comércio por telefone e por catálogo, levando as pessoas a mudarem alguns hábitos.

Em 1979 foi criado, por Michael Aldrich, um sistema de processamento de transações on-line conhecido como “shopping on-line”, responsável por fazer a conexão entre empresas e consumidores (B2C) e entre empresas (B2B). 

A partir da popularização da internet na segunda metade da década de 1990, o comércio eletrônico começou a operar de forma semelhante ao que acontece atualmente. No Brasil, a internet chegou durante a década de 1990 e logo se adaptou ao movimento.

Porém, foi a partir do final dos anos 2000 e começo de 2010 que esse processo ganhou força, proporção e alcance, com as pessoas se comunicando de modo on-line, o que as levou a se interessar pelo procedimento das compras pela internet.

Na segunda metade da década de 90 , o comércio eletrônico deixou de ser tendência e se tornou uma realidade concreta. Seu desenvolvimento tem acontecido a passos largos em todo o mundo, ajudando empresas a fidelizarem seus clientes e aumentarem o rendimento.

Como funciona o e-commerce?

A estrutura de um e-commerce funciona da seguinte maneira: exposição de produtos, pagamento (venda concretizada) e entrega de mercadorias. Em meio a tudo isso, existem processos que vão do marketing e atendimento inicial até o pós-venda.

Dessa maneira você pode conferir, abaixo, um pouco mais sobre como funcionam essas etapas, e como elas colaboram para a estratégia dos benefícios e vantagens do e-commerce aconteçam de fato, garantindo o sucesso de todo o procedimento.

Em uma loja virtual ou marketplace, os produtos são anunciados em páginas, que funcionam como vitrines. Nelas são inseridas fotos dos produtos, além de outros elementos, como vídeos e especificações técnicas, para esclarecer de imediato a qualidade do produto.

O cliente pode, após conferir todas as informações, adicionar um produto ao carrinho e continuar comprando ou seguir para o pagamento. Na hora de pagar, ele deve fazer um cadastro,  fornecendo informações básicas, como nome, CPF e endereço de entrega. 

Pode ocorrer a cobrança de frete, incluída à parte do preço do produto. Por fim, o consumidor escolherá a forma de pagamento, que pode ser por cartão de crédito, débito, boleto bancário, entre outras, com o cliente aguardando o recebimento do produto.

Quais são os tipos existentes de e-commerce?

Agora que você já entende o que é o e-commerce, é preciso pensar nos tipos existentes. No geral, o e-commerce pode vender produtos físicos ou digitais, como vídeos, cursos e e-books. Em alguns casos, existem vendas mistas.

Entretanto, os benefícios e vantagens do e-commerce não se destinam exclusivamente a vender produtos para o consumidor final. Muitas empresas que vendem para outras utilizam o próprio ambiente virtual como uma estratégia comercial.

E-commerce B2C ou B2B

O e-commerce também pode atender como varejista ou atacadista. No primeiro caso, o cliente final é o público de interesse (B2C), enquanto no segundo o foco é destinado às outras empresas (B2B). 

Atualmente existem sites próprios Consumer to Consumer (C2C), ou seja, para transações entre consumidores, como a OLX e o Enjoei. Abaixo, você confere as principais características de cada um, para reforçar os conceitos:

  • B2B (Business to Business): modelo de negócio dentro do comércio eletrônico em que empresas fazem transações com outras. As operações podem ser de revendas, transformações ou consumo;
  • B2C (Business to Consumer): modelo de negócio em que a empresa visa o consumidor final, com o consumo sendo a única operação possível. A grande maioria das lojas virtuais se encaixa nesse tipo;
  • Marketplaces: funcionando como um “shopping virtual”, em que uma marca maior abriga várias lojas virtuais. Em resumo, diversos negócios oferecem o mesmo produto e o comprador escolhe aquele que for mais conveniente. 

Quais são as vantagens do comércio virtual?

A diminuição de custos é uma das maiores vantagens das vendas pela internet. Não é necessário manter uma loja física, basta apenas ter um ambiente para estocar produtos e despachar os pedidos.

Entre as possibilidades oferecidas por este processo, está o de proporcionar um investimento menor para montar a loja virtual, em relação a uma loja física. O valor que seria gasto com um ponto comercial pode ser utilizado para a obtenção de novos produtos.

Desse modo, além de ser uma forma de ficar atualizado com as novas necessidades e de gerar conforto para os clientes, todos os resultados podem ser analisados e usados para orientar futuras decisões. 

Como consequência, há uma conquista de competitividade em relação aos concorrentes, exigindo constantes estratégias de marketing capazes de melhorar a visibilidade da marca e a obtenção de novos clientes.

Qual é a estrutura de um e-commerce? 

A plataforma de e-commerce é a estrutura básica da loja virtual, sendo o cadastro de produtos um fator essencial na estrutura de qualquer negócio online. A vitrine online deve apresentar imagens bem produzidas e que mostram todos os detalhes do que está à venda.

Como não podemos tocar e experimentar objetos, as fotos dos produtos precisam apresentar os elementos certos para chamar a atenção. As imagens devem ser bem produzidas, mostrando todos os detalhes do que está à venda.

As características de cada produto, como material, tamanho e marca, devem aparecer no texto de apresentação desses itens. O consumidor não pode ficar com nenhuma dúvida, sendo a descrição fundamental para a página aparecer no ranking do Google.

Processo de venda

Assim que a loja virtual disponibilizar produtos para venda, é necessário se preparar para a conversão. Pesquisar e saber quais são os melhores meios de pagamento para a loja virtual são passos que garantem a fidelização do cliente durante o processo de compra.

Custos e benefícios devem ser comparados, de modo que esse procedimento será essencial para oferecer muitas opções para o seu cliente, garantindo assim a melhor maneira de não perder suas vendas. 

Assim sendo, é importante oferecer, pelo menos, duas bandeiras de cartão de crédito e outras alternativas como boletos ou transferência bancária, para atender o máximo número de clientes, e a satisfação de todos.

A entrega também faz parte do processo de venda, sendo a logística e o acompanhamento desta etapa outro requisito para o sucesso dos benefícios e vantagens do e-commerce. O dropshipping é uma opção para os iniciantes, usando o estoque e logística de envio de terceiros.

Atendimento ao consumidor

Um dos principais fatores de fidelização é o atendimento ao consumidor. É importante que as empresas de e-commerce invistam em marketing digital, buscando criar laços com o seu público. Muitas fazem isso por meio de posts nas redes sociais, mas existem outros meios.

Assim sendo, posts em blogs, e-mail marketing e, até mesmo, mensagens via WhatsApp, além de ações simples como dar desconto no dia do aniversário já aproximam o consumidor do seu negócio. 

Quais são as estratégias e tendências para o futuro?

O comércio virtual, já nos próximos anos, deve ganhar ainda mais força. Por causa da grande quantidade de dispositivos móveis, como os smartphones, o e-commerce segue em crescimento constante, exigindo estratégias mais assertivas.

Desse modo, é preciso adotar um posicionamento mobile-friendly a fim de atender os consumidores que preferem comprar a partir de um celular ou tablet, por exemplo. Existem algumas estratégias certeiras adotadas pelos e-commerces e que costumam dar certo.

Entre elas, estão a divulgação em redes sociais, a utilização de ferramentas do marketing digital e a busca de um relacionamento personalizado com os consumidores. Assim sendo, é possível se destacar e conseguir melhores resultados.

Conclusão

Dessa maneira, se caso você não se sinta seguro para investir sozinho em estratégias para benefícios e vantagens do e-commerce, é importante contar com uma equipe atenta às novas tendências. A Agência Alper é a pedida certa para atender às suas necessidades.

Especialista em estratégias inovadoras de marketing digital, além de ser referência na criação de sites, temos experiência em diversos setores do comércio e que podem ser a diferença para o seu negócio. Entre em contato conosco e solicite um orçamento!



Deixe uma resposta